Volume de prismas de base hexagonal.

Classificação: Fixação

Enunciado

Faça um programa para calcular o volume de prismas de base hexagonal. O programa deve funcionar para uma quantidade indeterminada de prismas, mas deve parar quando o valor do lado da base for igual a -1. O programa deve ler o tamanho do lado da base (l) e a altura (h) do prisma, nesta ordem, não pode permitir valores negativos e nem valores nulos. Caso apareçam, o usuário deve digitar novamente até que um valor válido seja fornecido. O programa deve validar l e h individualmente. O Cálculo do volume (V) deve ser realizado conforme a Equações abaixo e o resultado apresentado na tela. Considere que a base possui os seis lados de tamanhos iguais. Use o "\n" para mostrar os volumes calculados um por linha.

V=h6l2 34 V = h \cdot 6 \cdot \frac{l^2\ \sqrt[]{3} }{4}

Exemplo de entrada:

2 3 -1

Exemplo de saída esperada:

31.176914536239792

Saída dos casos de teste